Por conta de um grande esquecimento, cinco bandidos foram presos na madrugada de ontem, logo após um assalto que cometeram em Guamiranga, nos Campos Gerais. Eles mantiveram uma família refém e levaram dinheiro e objetos de valor da casa.

Depois do assalto, abandonaram o carro que usaram com os documentos pessoais de um dos assaltantes dentro. A polícia achou o automóvel, identificou o marginal e foi até a casa dele. Lá, prenderam o dono do carro e os comparsas, todos reconhecidos pelas vítimas.

Os irmãos Leandro e Hervaldir Batista Mendes, 25 e 23 anos respectivamente, Renato Ferraz, 21, Fábio da Costa, 24, e um adolescente de 16 anos foram levados à delegacia de Imbituva e autuados em flagrante por roubo.

Segundo informações do 1.º Batalhão, a Polícia Militar foi acionada por volta das 2h. Os marginais fizeram uma família refém na localidade de Boa Vista, no município de Guamiranga, por volta das 22h de sexta-feira.

Deixaram todos amarrados na casa, enquanto escolhiam o que queriam. Levaram jóias, eletroeletrônicos e R$ 3 mil em dinheiro e fugiram no Voyage placa ABP-4308, pertencente a um dos assaltantes. Uma das vítimas conseguiu se desvencilhar das amarras e chamar a polícia.

Buscas

Com as descrições dadas pelas vítimas, a PM começou a fazer buscas na região. Encontrou o Voyage abandonado numa estrada de chão, caído numa valeta, não muito longe da residência assaltada.

Dentro ainda estavam os objetos da família e documentos de um dos ladrões, que uma das vítimas reconheceu pela fotografia. Logo todos foram localizados na casa de um dos marginais e detidos. Eles estavam com dois revólveres calibre 38, outro calibre 32 e uma pistola ponto 45, de uso restrito do Exército.