A Delegacia do Adolescente apreendeu o último suspeito de ter participado do latrocínio (roubo seguido de morte) contra Marcelo Mendes, assessor parlamentar do vereador Denílson Pires. Um garoto, de apenas 15 anos, apreendido sábado, confessou ter atirado na vítima. Ele foi autuado por atos infracionais equiparado a latrocínio e a roubo.

Segundo a delegada Nilcéia Ferraro da Silva, o garoto confessou sua participação e disse que outro adolescente, de 17 anos, apreendido na semana retrasada, também atirou na vítima.

“Na quarta-feira passada divulgamos que seis pessoas envolvidas na morte do assessor estavam detidas, e com esta outra apreensão encerramos as investigações”, contou a delegada.

Prisão

Ao todo são três adolescentes e dois adultos, que participaram diretamente do crime. Além deles, dois homens, que receptaram a arma, carro e objetos roubados. As prisões foram efetuadas entre 4 e 10 de outubro, na Cidade Industrial, no Sítio Cercado e na cidade de Siqueira Campos, interior do Paraná.