Valquir Aureliano
PF investiga se as 150 caixas recolhidas são furto de descaminho.

Uma operação da Polícia Federal, realizada em parceria com a Receita Federal durante toda a manhã e parte da tarde de ontem, resultou na apreensão de 150 caixas de produtos eletroeletrônicos (TVs, aparelhos de som e DVDs). O material foi recolhido em duas lojas Miami Center, localizadas no Shopping Itália e na esquina das ruas Barão do Rio Branco e José Loureiro, em Curitiba.

Segundo o delegado da PF Omar Mussi, há suspeita de que os produtos, que totalizam cerca de R$ 1 milhão, sejam provenientes de descaminho, ou seja, trazidos do exterior sem o pagamento de impostos por parte dos responsáveis.

Duas pessoas foram presas: o proprietário da loja da Barão do Rio Branco e o da loja do Shopping Itália, cujos nomes não foram divulgados pela PF. De acordo com a PF, os estabelecimentos pertencem a integrantes de uma única família, tendo o mesmo nome fantasia, mas CNPJs distintos.

?Nas duas lojas foram encontradas várias mercadorias de origem estrangeira sem documentação de importação regular. Os produtos irão para um depósito da Receita Federal, onde será realizada conferência de notas ficais?, explicou o delegado.

Caso fique comprovado que os produtos são fruto de descaminho, os responsáveis pela irregularidade serão autuados, multados e perderão as mercadorias em favor da União. Futuramente, os eletroeletrônicos poderão ser doados para órgãos federais e instituições de caridade.