Vizinhos de Maurício Lemberg, 43 anos, ouviram barulho de um disparo por volta da 1h desta quinta-feira (15), em seguida viram fumaça saindo da residência dele, na Rua Epaminondas Ribeiro, Vitória Régia, Cidade Industrial. Perceberam que era incêndio e, enquanto aguardavam os bombeiros, entaram apagá-lo.

Quando as equipes chegaram, as chamas haviam sido controladas pela população. Durante o trabalho de rescaldo, os bombeiros encontraram o corpo de Maurício carbonizado, com um tiro na cabeça. Uma pistola calibre 380 estava perto do cadáver.

Em um dos cômodos da casa, os bombeiros encontraram dinamite, coletes balísticos e balaclavas. Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local e o caso é inicialmente encarado como suicídio. Porém, as investigações deverão continuar para esclarecer se Maurício tinha alguma relação com explosões de caixas eletrônicos.

Vizinhos disseram que ele era gerente de um restaurante de fast food e que há cerca de 30 dias foi abandonado pela mulher. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal e a pistola está apreendida na DHPP.