O pintor Jefferson Pereira Muniz, 39 anos, foi morto a tiros na noite de sábado, em São José dos Pinhais. O amigo dele, Edinei Borim, 32 anos, também foi baleado e está em estado grave. O crime aconteceu na Rua Thomaz Carmeliano de Miranda, Jardim Brasil, pouco depois das 22h.

A Polícia Militar apurou que os autores dos disparos seriam homens que ocupavam uma Parati marrom. Jefferson foi morto com seis tiros, quatro nas costas e dois no peito.

Edinei, quando viu a confusão, tentou correr, mas foi atingido nas costas. Ele correu para o quintal de uma casa próxima, onde ficou esperando o perigo passar. Logo moradores viram que havia um homem ferido e chamaram o Siate. A ambulância levou Edinei em estado grave ao Hospital São José.

A esposa de Jefferson declarou à polícia que seu marido era usuário de drogas. Por volta das 19h de sábado, ele saiu de casa, no Jardim Dom Bosco, com R$ 600,00 no bolso, dinheiro que recebeu num acerto da fábrica de barcos onde trabalhava.

A esposa acredita que Jefferson saiu de casa para comprar drogas. Apesar disso, ela afirmou que o companheiro não devia dinheiro a traficantes, nem tinha inimigos.