?Pare e veja o que eu tenho para lhe dizer.? Essa é a manchete do primeiro jornal produzido por adolescentes que estão em regime de privação de liberdade e cumprem sentença em três Centros de Sócio-Educação (Cense) do Paraná. O material reúne textos que falam de temas como a sociedade, violência sexual, desigualdade, família, trabalho infantil e redução da maioridade penal. E esses mesmos temas também fizeram parte de um vídeo produzido integralmente pelos adolescentes.

Os dois trabalhos contemplam o projeto Luz, Câmara…Paz!, desenvolvido pela Ciranda Central de Notícias dos Direitos da Infância e Adolescência, que se iniciou em 2005 e envolveu cerca de 80 adolescentes dos Cense São Francisco, Joana Miguel Richa e Fazenda Rio Grande. Ontem, o jornal e o vídeo produzidos na unidade São Francisco foram apresentados pelos autores numa solenidade dentro do educandário. A iniciativa, conta a psicóloga e coordenadora da ALD da qual pertencem os adolescentes integrantes do projeto, Iliete Sansana Gallotti, foi pioneira, já que a unidade foi aberta para receber o público externo.

?Hoje, nós quebramos um paradigma, mostrando a cara e o que pensam esses meninos?, disse.