Walter Alves
As prisões foram feitas no bairro Guaraituba, em Colombo.

A partir de denúncias e investigações do serviço reservado do 17.º Batalhão da Polícia Militar, cinco pessoas foram presas, acusadas de integrar a quadrilha que participou dos assaltos ao posto de atendimento do Banco do Brasil, instalado no Detran, na Vila Hauer, no mês passado. Foram detidos Carlos Barbosa Siqueira, 34 anos, Eli Aparecido de Oliveira, 31, Marcos da Silva Santos, 23, e Aurélio Ferreira, 33. As prisões foram efetuadas durante a manhã de ontem, no bairro Guaraituba, em Colombo.

?Recebemos 12 mandados de busca e apreensão para serem cumpridos, com base em informações do serviço reservado?, explicou o tenente Rocha, da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam). Na operação, seis pessoas foram detidas e encaminhadas à delegacia do Alto Maracanã, mas uma mulher foi interrogada e liberada. Além da Rotam, policiais da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone) participaram da operação.

Com os detidos, vários materiais foram apreendidos e levados à delegacia. ?Encontramos dois revólveres calibre 38, uma pistola 380; uma espingarda, munições de diversos calibres, documentos de veículos, um radiotransmissor, pedras de crack, buchas de maconha e balanças de precisão?, disse o tenente. Também foi encontrado um simulacro de metralhadora, que a polícia acredita que os acusados utilizavam para assustar moradores e vítimas.

Detran

Os assaltos ao Banco do Brasil, no Detran, ocorreram nos dias 8 e 27 de março. A polícia suspeita que os envolvidos nas duas situações sejam os mesmos. Nos dois roubos, os bandidos estavam em quatro, sendo que três entraram no banco e um ficou de fora. Além disso, os veículos utilizados nas fugas também foram abandonados no mesmo lugar. No primeiro assalto, os ladrões levaram cerca de R$ 20.000,00.

Por conta desses assaltos, o diretor-geral do Detran, coronel David Antônio Pancotti, determinou que a agência ficasse fechada até que equipamentos de segurança fossem instalados. No começo desta semana, portas detectoras de metal foram colocadas e o banco reabriu.