Acusado de praticar um homicídio, em Tijucas do Sul, Zamir de Oliveira Lima, 41 anos, foi assassinado, na tarde de sábado, no mesmo local onde teria cometido o crime, há cerca de dois anos. Apesar da coincidência, a polícia descarta relação entre os dois casos e acredita que o envolvimento com o tráfico de drogas causou a morte de Zamir.

O rapaz estava em um bar, na Estrada Velha de Joinville, no bairro Campina, quando dois homens desceram de um Corsa e dispararam quatro tiros na sua cabeça. Zamir morreu na hora. Outro frequentador do bar também foi atingido por um tiro, na perna, mas sem gravidade. De acordo com a Polícia Militar, o carro usado pelos assassinos foi roubado dias antes, em Curitiba, e abandonado próximo ao local do crime.