Achado dois corpos à margem
da Rodovia do Xisto.

Dois cadáveres, em adiantado estado de decomposição, foram encontrados por volta das 15h de ontem, às margens da Rodovia do Xisto (BR-476), próximo ao Rio Barigüi, em Araucária.

As vítimas estavam abraçadas, indicando que foram executadas.

Os corpos foram encontrados por um morador que passava pela rodovia e sentiu o mau cheiro vindo do matagal. Curioso, resolveu ver o que havia acontecido e deparou com os corpos. Avisou a Polícia Militar, que repassou a informação para a delegacia de Araucária.

No local, não foi possível apurar a causa da morte nem o sexo das vítimas, devido ao estado de decomposição. "A perícia calcula que elas foram mortas há aproximadamente 30 dias. O sexo e o modo em que foram mortas só poderão ser determinados através de exames complementares", salientou o superintendente Edson de Andrade Vieira, que esteve no local do crime. Ele comentou que, pelas roupas, parece que as vítimas eram do sexo masculino.

"As cabeças das vítimas já não existem mais. Não será possível identificá-las pelas digitais, pois os corpos já estão desmanchando", comentou o policial.

O braço de uma das vítimas havia sido arrancado, provavelmente por animais.

Um dos mortos aparentava ter cabelos curtos, vestia calça de brim preta, camiseta vermelha, jaqueta nas cores branca e azul e calçava tênis. A outra, usava calça de moletom verde e blusa de lã vermelha e usava sapatos de modelo masculino. "Não dá para saber se é homem ou mulher", disse Edson, ao olhar os corpos. Ele disse que irá aguardar o resultado dos exames para intensificar as investigações.