enkontra.com
Fechar busca

Painel do Crime

Achado corpo em terreno baldio

  • Por Bia Moraes
O cadáver em decomposição,
exalava mau cheiro.

O cheiro forte chamou a atenção de um morador do Cajuru, na noite de segunda-feira, e ele resolveu entrar no terreno baldio da esquina das ruas Cuiabá e Paulo Frontin para verificar o que estava acontecendo. Acabou deparando com um cadáver em decomposição e chamou a polícia por volta das 20h30. O corpo era de um homem, que não pôde ser identificado devido ao estado em que se encontrava. Moradores da região acreditam que possa ser de um andarilho que vagava pelo bairro, conhecido como “Esmanhoto” ou “Esmarioto”, que não era visto desde a última sexta-feira.

De acordo com a perita Jussara Joeckel, da Polícia Científica, o estado de decomposição do corpo indica que o homem estava morto há aproximadamente três dias – o que confere com a descrição de um vizinho, que afirmou ter visto o andarilho na sexta-feira anterior. Desde então, o mendigo, um homem de idade que costumava ficar sentado próximo a uma pizzaria, colhendo restos do lixo e pedindo esmolas, não apareceu mais no bairro, contaram os moradores. “Era um coitado que não fazia mal a ninguém. Mendigava e bebia, mas nunca incomodou. De vez em quando a piazada judiava dele”, contou Mauricio, um dos moradores que esteve no local conferindo a movimentação da polícia e da imprensa em torno do encontro do cadáver.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas