A delegacia de Rio Branco do Sul localizou a mãe que abandonou um recém-nascido no centro da cidade, quarta-feira da semana passada. Juliane Costa Assunção, 20 anos, foi indiciada por abandono de incapaz e, por enquanto, responde ao crime em liberdade.

Os investigadores Emerson e Joelson localizaram Juliane na porta da creche onde ela ia buscar seu outro filho, de pouco mais de um ano. A jovem declarou que não tinha condições de criar mais um bebê e, por isto, decidiu abandoná-lo. O pai da criança tem outros filhos e não aceitaria criar mais um. A gravidez foi escondida até da família de Juliane, que sequer soube do nascimento.

Contrações

No dia do parto, ela afirmou que começou a sentir as contrações e se escondeu num matagal para dar à luz. Ela mesma cortou o cordão umbilical e enrolou o bebê em alguns panos. Em seguida, deixou a criança numa caixa de papelão, num canto da rua, que foi encontrada por uma mulher que seguia trabalhar. Naquela manhã fazia 12 graus em Rio Branco do Sul e a bebê já apresentava sinais de hipotermia. Mas sobreviveu e passa bem, aos cuidados do Conselho Tutelar.