A campanha “Se Liga no Trânsito – Se beber não dirija”, do Departamento de Trânsito do Paraná, chegou a Maringá na madrugada desta quarta-feira (26). Agora são quatro cidades visitadas pelas equipes do Detran, que devem passar ainda por Cascavel e Foz do Iguaçu para fechar a ação nos municípios paranaenses com os maiores índices de acidentes de trânsito durante a noite.

As abordagens educativas nos bares têm chamado a atenção de clientes e agradado também os proprietários. Os estabelecimentos são identificados com cartazes, toalhas de mesa, bolachas de chopp e guardanapos da ação.

Ao todo, 80 bares receberam os promotores e educadores do Departamento e a expectativa é somar 200 até o dia 14 de outubro, no encerramento das atividades.

“A campanha foi debatida com os parceiros. Conversamos com as associações dos bares e restaurantes, com as centrais de táxi e com as grandes empresas fabricantes de cerveja. O diálogo foi essencial para o sucesso das ações, que tem o objetivo de estimular o jovem que bebeu a voltar para casa de táxi ou de carona”, disse o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

O “Se Liga no Trânsito” é a primeira ação conjunta entre Governo do Estado e a inciativa privada na tentativa de fazer um trânsito mais seguro e conta com o apoio das principais companhias cervejeiras do país, reunidas no CervBrasil. A Ambev, por exemplo, doou dois mil bafômetros para as atividades.

“Não é de nosso interesse o lucro proveniente de menores de idade, de clientes que bebem em excesso ou aqueles que associam álcool à direção”, disse, durante a solenidade de entrega, o diretor regional da companhia, João Dahne.

Bares

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – regional Paraná, Fabio Aguayo, a adesão se deu pela importância do tema. “Nós da Abrabar acreditamos que juntos, empresários, indústria, sociedade civil organizada e poder público podem melhorar as coisas trabalhando juntos em ações positivas”, disse.

André Hilgemberg, sócio proprietário das boates Car Wash e Nite Club, em Maringá, lembrou da importância da parceria com o poder público. “Acho que demorou para termos uma campanha conjunta como esta e agora estamos no caminho certo. As ações são positivas para a clientela e para os bares, porque todos são prejudicados pela insegurança no trânsito”, avalia.

De acordo com Luiz Teixeira, gerente do bar Chopp Time, também na cidade, apesar de falar dos perigos de beber e dirigir, a campanha do Detran não prejudica as vendas, mas muda o comportamento dos clientes.

“Temos visto mais táxis sendo chamados e as mesas começam a pedir mais sucos e refrigerantes também. O clima fica mais descontraído e a resposta de todos têm sido muito boa”.