As chuvas prolongadas nos últimos dias, na região Sul do país, especialmente em Santa Catarina, fizeram o volume de água na localidade alcançar índices três vezes maiores que o normal para a região. A avaliação é dos meteorologistas da Secretaria Nacional de Defesa Civil.

Segundo a meteorologista do Ministério da Integração Nacional, Cristina Lourenço, o excesso de água tem sido a maior preocupação dos técnicos e das autoridades que monitoram o clima na região. Por causa da frente fria, a Defesa Civil estima estragos em alguns municípios. ?Ainda não sabemos quantificar, mas estamos fazendo uma série de levantamentos sobre o excesso de chuvas?, disse Cristina.

Ela acrescentou que a situação é preocupante também no norte do país, especialmente no Estado do Amapá. ?O rio Jarí, por exemplo, já passou do limite, e há previsão de mais chuva para o estado?, afirmou, acrescentando que a Defesa Civil está monitorando as regiões afetadas para verificar que providências poderão ser tomadas para evitar prejuízos às populações atingidas pelas enchentes.