No mês de outubro, o volume de cheques sem fundos aumentou nas cinco regiões do país, em comparação com o mesmo intervalo do ano passado e também no acumulado dos dez meses deste ano. O balanço foi divulgado hoje pela Serasa, empresa que faz análises econômico-financeiras no país.

De acordo com a pesquisa, a região Norte apresentou a maior quantidade de cheques devolvidos por mil compensados, no mês e no acumulado de 2003.

Em outubro, foram devolvidos 33,6 cheques sem fundos por mil compensados, o que representou alta de 42,9% em relação ao mesmo mês de 2002, com 23,5 cheques. No acumulado do ano, 27,8 cheques devolvidos por mil compensados, contra 24,8 no mesmo período do ano passado. A alta foi de 12%. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)