Num resultado considerado surpreendente, a seleção da Alemanha derrotou hoje a França, por 3 sets a 1, e embolou o Grupo B do Mundial de Vôlei masculino, o mesmo do Brasil. Após baterem os brasileiros no último domingo, os franceses caíram com parciais de 22/25, 25/21, 28/26 e 25/22. Invictos após quatro rodadas, os alemães terão pela frente o Brasil na última rodada – junto com a França, o time de Bernardinho tem três vitórias e uma derrota.

Quem também se classificou na chave para a segunda fase da competição foi a seleção de Cuba, que suou muito para ganhar da Grécia por 3 sets a 2. As parciais foram de 25/19, 20/25, 25/22, 21/25 e 15/12. Os cubanos estão agora com duas vitórias e duas derrotas e não podem mais ser alcançados por gregos e australianos, que perderam todas as quatro partidas que fizeram até agora.

Pelo Grupo C, a Bulgária confirmou seu favoritismo e manteve a invencibilidade no Mundial ao passar facilmente pelo Irã por 3 sets a 0 – com parciais de 25/19, 25/18 e 25/23. A Itália também segue firme na competição após derrotar os Estados Unidos por 3 a 1 – com parciais de 22/25, 25/17, 25/22 e 25/18. Fechando a chave, a República Checa ganhou da Venezuela por 3 a 0 (25/20, 25/14 e 25/19).

Quem também está invicto até o momento é a seleção de Sérvia e Montenegro, que venceu a Coréia do Sul por 3 sets a 1, pelo Grupo D. As parciais foram de 25/22, 23/25, 25/21 e 25/18. Na cola dos sérvios estão a Rússia e o Canadá. Os russos bateram o Casaquistão por 3 a 0 (25/16, 25/18 e 25/18) e os canadenses ganharam da Tunísia por 3 a 2 (25/15, 27/29, 21/25, 25/21 e 15/13).