O diretor-técnico da Administração dos
Portos de Paranaguá e Antonina, Ogarito
Borges Linhares depõe a deputados na AL.

O diretor-técnico da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Ogarito Borges Linhares, foi ouvido hoje por deputados da Comissão de Fiscalização da Assembléia Legislativa. Ele foi convocado para prestar esclarecimentos sobre o suposto desaparecimento de 1.610 toneladas de soja do silo vertical do Porto, em dezembro passado.

Mostrando bastante tranqüilidade, o diretor respondeu as perguntas dos deputados sobre o assunto e tantos outros que os parlamentares questionaram. Linhares garantiu que ?não há sumiço da soja?, como afirmou a comissão. O que houve, segundo o diretor, foi um procedimento que ocorre normalmente para acelerar a liberação das mercadorias. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)