O maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima e a ginasta Daiane dos Santos foram os vencedores do 6º Prêmio Brasil Olímpico, evento do COB que premiou os melhores atletas de 2004 e foi realizado ontem à noite, no Rio. Vanderlei, que disputou a indicação com os iatistas Robert Scheidt e Torben Grael, recebeu mais duas premiações: personalidade olímpica e medalha Pierre de Courbertin, por seu exemplo de determinação e jogo limpo nos Jogos de Atenas.

O momento mais aguardado da cerimônia foi o encontro entre Vanderlei e o grego Polyvios Kossivas, que o livrou do ataque do ex-padre irlandês Cornelius Horan durante a maratona nos Jogos de Atenas. "As coisas não acontecem por acaso e Deus o colocou naquele lugar. Ele é meu anjo", disse Vanderlei a Polyvios. Já Daiane obteve o bicampeonato do prêmio do COB – ela disputou com a ginasta Daniele Hypolito e Shelda, do vôlei de praia.