Os pais ou responsáveis que ainda não levaram suas crianças menores de cinco anos para vacinar contra sarampo e poliomielite têm até sexta-feira (3) para protegê-los. Dados parciais da Secretaria de Vigilância em Saúde confirmam que mais de 11,3 milhões de crianças já foram aos postos de vacinação desde o início da campanha.

O número é considerado um sucesso pelas autoridades de saúde, já que representa 66,98% de cobertura. Em relação ao sarampo, já foram vacinadas 58,8% das crianças, mais de oito milhões. As metas são imunizar 17 milhões de crianças contra a pólio e 13,7 milhões contra o sarampo.

Na semana passada, a secretaria reforçou a necessidade de os pais continuarem vacinando seus filhos, mesmo após a descoberta de que um lote de vacinas tríplice viral (contra sarampo, rubéola e caxumba) teria causado reações alérgicas em 120 crianças. As doses foram substituídas.

Para vacinar as crianças, os pais, mães ou responsáveis devem levar ao posto médico o cartão de vacinação, para atualizar as vacinas que faltam. Mas quem esquecer o cartão também poderá tomar as vacinas.