Será realizada nesta sexta-feira (04) na Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI), em Curitiba, a assinatura de convênio entre a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e a Fundação Araucária que vai possibilitar o repasse de recursos de R$ 1,962 milhão. O dinheiro será aplicado na construção de duas alas na Central de Salas de Aula, no Campus de Uvaranas. Trata-se da segunda etapa de obras que promove a ligação do Centro Interdisciplinar de Pesquisa e Pós-Graduação (CIPP) com o Bloco L.

De acordo com o coordenador do projeto, prefeito do campus, Jairo Amado Amin, será feita a implementação de infra-estrutura de Pesquisa e Ensino. ?Com esses recursos havaerá condições de melhorar o espaço físico e as condições para o desenvolvimento de atividades acadêmicas dos cursos de graduação ofertados pela UEPG?.

No projeto, consta a construção de 14 salas de aula, com 53,29m2 e oito salas com 71,54m2, seis anfiteatros com 76,64m2 e um anfiteatro-auditório com 329m2. Além disso, haverá a ampliação do Centro Interdisciplinar de Pesquisa e Pós-Graduação que dará condições de melhorar o desenvolvimento das atividades de ensino e pesquisa dos cursos de pós-graduação Stricto Sensu ofertados pela instituição. Ao todo, serão construídas 15 salas, sendo três com 31,44m2 e outras 12 com 47,82m2 e mais um laboratório com 96,94m2.

O mesmo projeto contempla também as atividades didáticas dos cursos ofertados pela UEPG, em Uvaranas, compreendendo a construção de seis salas de aula com 53,29m2, outras oito salas com 71,54m2, seis anfiteatros com 76,64m2, outro anfiteatro-auditório com 329m2, com 31,44m2 e doze salas com 47,82m2 e um laboratório com 96,94m2.

Para o reitor Paulo Roberto Godoy, esse convênio e o conseqüente repasse da verba inerente são altamente benéficos para a universidade. ?A ampliação do nosso espaço físico era uma necessidade que já estava sendo sentida por toda a comunidade universitária e os recursos oriundos do convênio com a Fundação Araucária chega em boa hora e nos permite promover as ampliações necessárias a fim de que possam dar condições de execução das atividades da graduação, pós-graduação e no tocante aos trabalhos executados por nossos pesquisadores?, comemorou o reitor.