São Paulo (AE) – Representantes de caminhoneiros autônomos e de transportadoras rodoviárias de carga programaram para 17 de outubro (segunda-feira) uma manifestação em Brasília, segundo informa, em nota, a NTC&Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas & Logística).

Conforme a programação, os transportadores farão uma manifestação em torno do Congresso Nacional para pressionar os parlamentares pela votação de três projetos de lei, já aprovados em Comissões das duas Casas, que tratam de questões como segurança, tempo de direção e regulação da atividade.

O movimento é coordenado pela Frente Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas, formada por várias entidades. Os transportadores reivindicam: definição de um novo modelo de gestão da malha rodoviária federal, com a delegação de sua conservação aos Estados; a aceleração das parcerias com a iniciativa privada; utilização de recursos da Cide (tributo incidente sobre os combustíveis) no setor de transportes; novo debate sobre a segunda etapa das concessões rodoviárias; fiscalização rigorosa do excesso de peso nos caminhões; fiscalização do cumprimento da lei federal que instituiu o vale-pedágio; divulgação dos dados do Registro Nacional dos Transportadores de Cargas (RNTRC), entre outras solicitações.