Cerca de 11 mil pessoas iniciaram há pouco, em Goiânia, a Marcha Nacional pela
Reforma Agrária. Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra
(MST), da Via Campesina e de outros movimentos sociais saíram do Estádio Serra
Dourada a pé em direção à BR 060, que liga Goiânia a Brasília. A meta é
percorrer os 200 quilômetros que ligam as duas cidades até o dia 17. Na chegada,
está previsto ato público na Esplanada dos Ministérios.

Os trabalhadores
rurais pretendem entregar uma carta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva
reivindicando o cumprimento da meta de assentar 430 mil famílias até o fim do
mandato, investir na agricultura familiar e reduzir a violência no campo. Neste
primeiro dia, deverão ser percorridos cerca de 16 ,5 quilômetros. A largada da
marcha foi dada depois de breve ato ecumênico com a participação de um padre e
um pastor evangélico. A Polícia Rodoviária Federal escolta o grupo de
trabalhadores.