Cerca de 200 mil mulheres trabalhadoras rurais ligadas à Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) ocuparão hoje (8), Dia Internacional da Mulher, ruas, prédios públicos e rodovias. Com o tema Mulher no Processo da Reforma Agrária, as manifestações ocorrerão simultaneamente em 20 estados brasileiros, entre eles Rio Grande do Sul, Pará, Alagoas, Espírito Santo e Mato Grosso.

Em Porto Alegre, onde está sendo realizada a II Conferência Internacional de Reforma Agrária e Desenvolvimento Rural (Ciradr), haverá ato coletivo promovido por diversas entidades sindicais. Uma das maiores mobilizações deve acontecer em Mato Grosso, onde 20 mil trabalhadoras estarão nas ruas.

No Pará, as manifestações reunirão cerca de 5 mil mulheres no município de Cametá, onde devem ocupar repartições públicas e fazer uma caminhada. Já em Alagoas e Sergipe, está prevista a interdição de vias públicas que integram os dois estados. Em Rondônia, as sindicalistas farão visitas às delegacias de atendimento à mulher para elaborar um diagnóstico do serviço prestado. Em Santa Catarina, cerca de 20 mil trabalhadoras promoverão ações em várias cidades.