Durou 24 horas a greve dos motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e região metropolitana. No início da manhã de hoje, 11 mil trabalhadores resolveram retomar as atividades e colocaram 100% da frota de coletivos nas ruas, encerrando a paralisação.

Por determinação da procuradoria do Ministério do Trabalho, até a madrugada de hoje, 60% da frota estava operando. No entanto, de acordo com o Sindicato dos Motoristas e Cobradores nas Empresas de Transporte de Passageiros, os motoristas e cobradores aparecerem esta manhã e resolveram trabalhar. Apesar do fim da greve, o sindicato da categoria vai se reunir com o patronato para pleitear aumento salarial de 11% reivindicado pelos trabalhadores.