Os técnicos do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem) aguardam um ofício do Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial (Inmetro) para que os lacres dos sete radares inspecionados em Curitiba sejam retirados. A equipe do Inmetro esteve em Curitiba na última semana, inspecionando os aparelhos, que na vistoria do Ipem não estava de acordo com os padrões de instalação exigidos pelo instituto.

O Inmetro realizou a vistoria e deve confirmar até a próxima semana, se as instalações irregulares dos radares alteram ou não a medição da velocidade dos veículso. A empresa responsável pelos radares, Consilux, entrou com um pedido de reformulação da Portaria 61 do Inmetro, explicando que a medição da velocidade não é alterada com as pequenas modificações de instalação.

A empresa também pediu no ofício encaminhado ao instituto nacional, que os radares já instalados sejam mantidos e que aqueles ainda lacrados sejam liberados. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)