A taxa de fecundidade no Brasil atingiu 2,31 filhos por mulher em 2004, bem inferior aos 4,06 filhos por mulher registrados em 1980, segundo divulgou hoje o IBGE. Em 2050, serão 1,85 filhos por mulher no País, conforme a estatística do instituto. Hoje as mais altas taxas de fecundidade do mundo estão na África, com liderança mundial da Nigéria (8 filhos por mulher), Somália (7,25 filhos por mulher) e Angola (7,2 filhos por mulher).

As taxas de fecundidade mais baixas foram registradas na China (região de Hong Kong, um filho por mulher), seguida da Latvia (ex-União Soviética, com 1,1 filho por mulher) e a região de Macau na China (1,1 filho por mulher).