A Secretaria da Saúde do Paraná alerta as pessoas que vão viajar à Alemanha para assistir aos jogos da Copa do Mundo sobre a importância de se vacinar contra o sarampo. As autoridades sanitárias da Alemanha avisam que foi detectado um surto da doença na região de Dortmund, uma das sedes dos jogos da Copa. A doença já infectou mais de mil pessoas desde janeiro deste ano. O Ministério da Saúde colocou vacina à disposição nesta quinta-feira (01) para os que pretendem viajar sejam imunizados.

A Secretaria da Saúde enviou material solicitando às Regionais de Saúde que ofertem locais em seus municípios sede para que sejam vacinadas todas as pessoas que irão viajar para a Alemanha. Ao todo serão 22 postos de vacinação nos principais municípios do Estado.

Para quem não conseguir ser vacinado nestas cidades a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmou que haverá um local de vacinação no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. ?É importante que as pessoas sejam vacinadas para que a viagem não se transforme num transtorno com o risco de adoecerem por causa do sarampo, prevenindo também a entrada do vírus em nosso país?, alerta o secretário Cláudio Xavier.

A Secretaria informa que a Coordenação Nacional do Plano de Erradicação do Sarampo e Controle da Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita repassa boletins informativos sobre surtos e comunicou que em 2006 houve surtos da doença na Ucrânia, Espanha, Grécia, Inglaterra e Alemanha. ?A população deve saber que o vírus do sarampo não está em circulação nas Américas e todos os casos confirmados nos últimos anos têm sido importados?, avisa a diretora do Centro de Informação e Diagnósticos de Saúde da Secretaria, Inês Vian. Os últimos casos registrados no Brasil ocorreram em 2000, quando foram registrados 36 casos.

No Paraná, o último caso confirmado de sarampo aconteceu em 1999 no município de São José dos Pinhais, caso remanescente do surto de 1998. Desde 1989, o Laboratório Central do Estado (Lacen) faz a pesquisa sorológica do vírus. Com isso, em 1991, instituiu-se a Vigilância Epidemiológica do Sarampo.

Os últimos surtos que ocorreram no Estado foram em 1997 e 1998, com 515 casos e 873 casos respectivamente. ?Apesar de estarmos com a vacinação controlada, é importante que as pessoas se vacinem, principalmente as que irão viajar para a Europa?, lembra Inês, que ainda solicita que o viajante procure os postos de vacinação de referência levando consigo a carteira de vacinação.