O senador Eduardo Suplicy  (PT-SP), que estava de licença médica em razão de uma cirurgia na próstata, retomará suas atividades no Senado Federal a partir da próxima terça-feira. ?Felizmente eu estou me recuperando muito bem e o médico me autorizou a fazer as coisas que eu gosto de fazer?, disse o senador. Hoje (1), Suplicy também volta a dar aulas na Fundação Getúlio Vargas e na segunda-feira participa da reunião do diretório nacional do PT, em São Paulo.

Assim que retornar a Brasília, o senador terá uma reunião com a bancada do PT. Segundo Suplicy, nessa reunião serão discutidos assuntos que estão em pauta no Congresso, tais como o salário mínimo. A respeito desse assunto, o senador petista foi cauteloso e disse que é necessário ter primeiro todos os elementos em mãos (principalmente as avaliações econômicas) antes de fixar o valor do novo salário.

Outro assunto em pauta é a nova composição do Senado. Suplicy disse que é possível que a oposição venha a constituir maioria na Casa e, portanto, significa a possibilidade regimental de indicar cargos, inclusive a presidência. ?Mas isso ainda está em aberto, quero consultar primeiro o presidente Lula para respeitá-lo e levar em consideração o que for melhor para o País?, reiterou. Para Suplicy, o mais importante neste momento é que o governo Lula obtenha o apoio do Congresso para executar as reformas necessárias ao desenvolvimento do País.