O saldo da balança comercial na segunda semana de junho registrou superávit de US$ 790 milhões. As exportações no período somaram US$ 2,772 bilhões (média diária de US$ 554,4 milhões), e as importações foram de US$ 1,982 bilhão (média diária de US$ 396,4 milhões). No mês, o superávit acumulado é de US$ 1,311 bilhão e no ano, US$ 16,775 bilhões

O saldo da balança comercial na segunda semana de junho foi 26 23% inferior ao da segunda semana de maio, quando o superávit atingiu US$ 1,071 bilhão. Em relação à semana passada, o resultado desta semana foi maior porque corresponde a cinco dias úteis contra dois (o superávit da primeira semana foi de US$ 521 milhões)

Na comparação com o mês de maio, a média das exportações agora em junho cresceu 18,7%, enquanto a média das importações teve um crescimento menor: 11,4%. Já na comparação com junho do ano passado, a média das exportações cresceu 19,5%. Mas o crescimento da média das importações foi bem maior: 30,8%. O acumulado de janeiro a junho de 2005 continua maior do que o acumulado deste ano: US$ 17,261 bilhões contra US$ 16,775 bilhões. Uma diferença de 2,81%. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior