Um projeto desenvolvido a partir de material reciclável recolhido pelo serviço de coleta seletiva está permitindo que funcionários da Unidade de Valorização de Rejeitos tenham acesso à informática. É o lixo oferecendo a possibilidade de um futuro melhor e de exercício da cidadania.

O Projeto @ surgiu com Alisson José Santos, de 21 anos, que trabalha há aproximadamente um ano como auxiliar administrativo da usina mantida pelo Instituto Pró Cidadania de Curitiba (IPCC). Com 2º Grau completo e curso técnico de informática e manutenção de computadores, ele observou o volume de sucata em equipamentos – placas, monitores, teclados e dezenas de acessórios – e o desejo dos funcionários em conhecer a nova tecnologia.

"Com o apoio da direção do IPCC conseguimos montar em dois meses seis computadores e colocá-los em funcionamento, iniciando as aulas. A procura foi tanta que já temos lista de espera", afirma Alisson.

O ?Projeto @? foi implantado no início de agosto na Unidade de Valorização de Rejeitos mantida pelo Instituto Pró-Cidadania e Curitiba (IPCC) em Campo Magro, e já está beneficiando 30 funcionários com idades 20 e 45 anos, que estão descobrindo o computador e as suas possibilidades. As aulas, de 30 minutos, acontecem no horário do almoço dos funcionários, com três instrutores voluntários se revezando para ensinar os mistérios do Windows e Office 97.