O governo federal elevou os percentuais de subvenção ao seguro rural de diversos produtos na modalidade agrícola. Entre eles estão maçã e uva, que tinham apoio de 40% e agora terão 50% do valor do seguro pago pelo Estado. Outros 30 produtos tiveram seus percentuais de subvenção aumentados de 30% para 40%.

O diretor do Departamento de Gestão de Risco Rural da Secretaria de Política Agrícola, Welington Soares de Almeida, destaca que a medida deixará o seguro mais atraente para o agricultor, pois ele pagará menos pela apólice. O diretor lembra que produtos importantes para o agronegócio brasileiro, como soja, milho, algodão e arroz, para citar alguns, já possuem um percentual de subvenção de 50%. Outros, de maior risco, a exemplo do feijão, trigo e milho segunda safra, são beneficiados com 60%.

De acordo com Almeida, o ano de 2007 deve consolidar o seguro rural no Brasil, podendo ultrapassar R$ 100 milhões em pagamentos de prêmios.