O meia Fabrício foi julgado no final da tarde de hoje pelo STJD por ter sido expulso na partida contra o Guarani, em Campinas, e punido com cinco jogos de suspensão. O árbitro Leonardo Gaciba da Silva relatou na súmula que o jogador ofendeu seu auxiliar e o tribunal não perdoou o desacato.

Em compensação, o atacante Ilan, também expulso em Campinas, pegou apenas um jogo (cumprido) e pode atuar contra o Atlético Mineiro, no sábado às 18h. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)