Brasília – O Superior Tribunal de Justiça divulgou há pouco uma cópia da decisão liminar do presidente do tribunal, ministro Edson Vidigal, em que suspende a realização da assembléia de credores da Varig, que ocorreria na manhã de hoje. A liminar em ação pedida por funcionários do Grupo Varig, atende parcialmente, porque o grupo pedia a suspensão da assembléia e a confirmação do pedido de desistência da recuperação judicial, processo ao qual a empresa está inserida desde junho passado.

Até o momento, segundo a assessoria de imprensa do STJ, o ministro Vidigal está analisando o mérito do pedido da empresa de derrubada da liminar.