A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou as operadoras de plano de saúde Bradesco e Sulamerica a reajustar todos os contratos antigos e novos. Conforme a decisão, os contratos fechados antes de janeiro de 1999 recebeu um reajuste maior, de 25,8% no caso do Bradesco, e 26,1% no caso da Sulamerica. Os novos contratos serão aumentados em 11,69%. A Corte Especial do STJ tomou a decisão ao analisar o pedido para que fosse suspensa a liminar que impedia a aplicação dos reajustes autorizados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar.