As vendas por meio de crediário e cheques cresceram no País na primeira quinzena de dezembro, conforme estudo divulgado nesta terça-feira (19) pelo Serviço de Proteção ao Crédito Brasil (SPC Brasil). Em relação ao mesmo período de 2005, as consultas para análise de crédito, feitas ao banco de dados da companhia, aumentaram 8 95%. Na comparação com os primeiros 15 dias de novembro de 2006, a alta foi mais expressiva e atingiu 37,16%.

De acordo com o SPC Brasil, o crescimento das vendas em dezembro é natural, pois é considerado o melhor mês em negociações para o varejo, por conta do Natal. Além disso, segundo destacou a empresa, há uma continuidade da tendência verificada durante o ano, quando houve aumento nas vendas no confronto com os mesmos meses de 2005.

Reabilitação

Quanto à reabilitação de crédito, o SPC Brasil informou que a retirada de registros de inadimplência do banco de dados da empresa foi 24,31% maior do que em igual quinzena de dezembro do ano passado e 11,98% superior ao dos 15 primeiros dias de novembro de 2006. No levantamento de inclusão de registros, foram constatadas queda de 13,34% e alta de 23,76%, respectivamente.

Na avaliação do SPC Brasil, o movimento maior de reabilitação está ligado ao pagamento do 13º salário e às condições diferenciadas de parcelamento no varejo. Conforme destacou a companhia, muitos consumidores procuram se livrar de endividamentos antigos nessa época para realizarem compras de bens de valor mais alto em maior número de parcelas.

No final de 2005, lembrou a empresa, muitos brasileiros aproveitaram o "boom do crédito" sem se programar, compraram e, em 2006, ficaram em apuros. Agora, estão usando os recursos extras para acertar estas dívidas.