Rio – O Sindicato Nacional dos Aeronautas decidiu nesta quarta-feira (26), em assembléia no Rio de Janeiro, entrar com ações coletivas na Justiça do Trabalho contra a Varig. Segundo o diretor do sindicato, Elnio Borges, será exigido o pagamento dos salários atrasados aos mais de 9.500 funcionários da empresa, que foi vendida recentemente a sua ex-subsidiária VarigLog.

?É preciso que o novo controlador da Varig assuma suas responsabilidades imediatamente e faça o pagamento dos salários. Os trabalhadores já estão sem salário há quatro meses?, disse Borges.

Segundo ele, a VarigLog pretende demitir algo em torno de oito mil funcionários. Caso isso seja concretizado, novas ações serão entregues à Justiça para que as indenizações sejam pagas aos trabalhadores.

Na quinta-feira, dia 3 de agosto, será realizada uma nova assembléia, desta vez para discutir as ações individuais. Segundo Borges, cada funcionário tem uma demanda específica que precisará ser analisada pelo sindicato.