O diretor-regional do Sindicato Nacional dos Trabalhadores na Proteção ao Vôo, Francisco José da Silva, afirmou na tarde desta terça-feira (19) que não haverá greve dos controladores de tráfego aéreo neste fim de ano. Ele também desmentiu os boatos de uma possível paralisação neste sábado (23). "Estamos fazendo nossa parte, mas vamos continuar trabalhando dentro das mais estritas normas de segurança", comentou.

Silva participa da audiência pública da comissão externa sobre a crise no setor aéreo. Ele declarou que considera a crise uma reação natural após o acidente com o avião da Gol, em setembro. Segundo ele, os operadores de tráfego aéreo deixaram de reter informações sobre o sistema de controle de vôo brasileiro, que já enfrentava uma situação grave.

Tempo perdido

O assessor do Sindicato dos Aeronautas comandante Célio Eugênio de Abreu Júnior afirmou que a gestão pública do tráfego aéreo não acompanhou o desenvolvimento da aviação civil. "Precisamos dar um salto e recuperar o tempo perdido", ressaltou.