Os servidores do Banco Central (BC) de Brasília decidiram em assembléia realizada nesta quinta-feira (19) encerrar a greve de 72 horas iniciada na última terça-feira e voltar ao trabalho amanhã. Os funcionários do BC resolveram, ao mesmo tempo, fazer uma nova paralisação na quarta-feira da próxima semana, quando o governo apresentará uma proposta de recomposição salarial.

Na tarde de quinta-feira, os servidores do BC farão nova assembléia para avaliar a proposta do governo. "Dependendo do que for apresentado, podemos entrar em greve por tempo indeterminado", disse o presidente nacional do Sindicato Nacional dos Funcionários do BC (Sinal), David Falcão. A principal reivindicação dos servidores do BC é conseguir uma equiparação salarial com os auditores da Receita Federal.