Discutir a participação das fontes alternativas de energia na matriz energética brasileira é o objetivo do seminário internacional que acontece a partir de amanhã (18), em Brasília, no Espaço Cultural da Câmara dos Deputados. O evento terá entre os convidados Gira Altmann, secretária executiva parlamentar do Ministério do Meio Ambiente da Alemanha, que mostrará como seu país conseguiu, em pouco mais de uma década, atender 10% de suas necessidades com energias solar e eólica.

Apresentada pelo Brasil e aprovada por unanimidade pelos países da América Latina e Caribe, a idéia de ter pelo menos 10% da matriz energética de cada país de fontes alternativas (como a força dos ventos, a luz solar e a biomassa) é uma das propostas que serão discutidas durante a Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+10), em agosto, na África do Sul.