A seleção brasileira feminina de vôlei embarca neste domingo para a Alemanha, onde fará a preparação final para o Mundial do Japão, que acontece de 31 de outubro a 16 de novembro. Ontem, o técnico José Roberto Guimarães definiu o grupo de 12 jogadores, ao fazer o corte de Valeskinha. Assim, o time terá: as levantadoras Carol e Fofão; as opostos Renatinha e Sheilla; as pontas Jaqueline, Mari, Paula Pequeno e Sassá; as meios-de-rede Carol Gattaz, Fabiana e Walewska; e a líbero Fabi.

O grupo brasileiro passou quase um mês treinando em Saquarema, no Rio, para a disputa do Mundial. Agora na Alemanha, fará dois amistosos contra a seleção local, dias 17 e 18, antes de viajar para o Japão no dia 23.

?Estamos muito bem fisicamente. Todos estão se dedicando ao máximo. O Mundial está ficando cada dia mais próximo. Queremos colocar em prática tudo aquilo que treinamos?, disse Fofão, que tem 36 anos e é a capitã da seleção brasileira.

O Brasil conquistou todos os torneios que disputou neste ano, incluindo o hexacampeonato do Grand Prix, e vai em busca de seu primeiro título mundial – o máximo que conseguiu até agora, no feminino, foi a medalha de prata na edição de 1996.

No Mundial do Japão, os adversários brasileiros na primeira fase são, pela ordem: Porto Rico, Casaquistão, Holanda, Estados Unidos e Camarões. Os quatro primeiros colocados da chave se classificam para a etapa seguinte do campeonato.