Três homens, de 20, 24 e 45 anos, envolvidos em uma associação criminosa voltada ao tráfico de drogas foram presos em flagrante, no final da tarde da última terça-feira, pela Polícia Civil, através do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). A ação policial aconteceu nos bairros Campina do Siqueira, Uberaba e Boqueirão.

Com os suspeitos a polícia apreendeu cerca de 54 quilos de maconha, 700 gramas de cocaína, 100 gramas de crack, duas balanças de precisão, além de uma motocicleta CG Titan e uma caminhonete Saveiro.

O Cope estava em diligências quando percebeu a atitude suspeita de dois homens que estavam em uma motocicleta na região do Campina do Siqueira. O condutor da moto, um homem, de 24 anos e o carona, um rapaz, de 20 anos, demonstraram bastante nervosismo diante da equipe policial, motivo pelo qual os investigadores pediram para verificar as mensagens de seus celulares.

Ao perceber que havia uma negociação de entrega de drogas, via mensagens, os policiais se deslocaram até as proximidades do Terminal do Boqueirão, local de encontro entre os dois suspeitos e uma terceira pessoa.

Foto: Divulgação/Polícia Civil.
Foto: Divulgação/Polícia Civil.

Um homem, de 45 anos, que estava no local para realizar a entrega dos entorpecentes, também foi preso. No interior do veículo que o suspeito conduzia, uma Saveiro, a equipe policial localizou 900 gramas de maconha e 300 gramas de cocaína.

Seguindo diligências até a residência do homem, no bairro Uberaba, foram localizados mais 58 quilos de maconha (divididos em 68 tabletes), 400 gramas de cocaína, 100 gramas de crack e duas balanças de precisão. Tanto a motocicleta, quanto a Saveiro – utilizadas para o transporte dos entorpecentes – também foram apreendidas.

Ao serem questionados pela polícia, o condutor da motocicleta e o fornecedor das drogas permaneceram em silêncio. Já o carona da motocicleta, disse que receberia o valor de R$ 300 para o transporte dos entorpecentes até a cidade de Ponta Grossa.

Segundo investigações, o condutor da motocicleta e o carona são da cidade de Ponta Grossa e teriam vindo até Curitiba apenas para buscar os entorpecentes.

O rapaz de 24 anos possuía passagens criminais porte de arma de fogo, e o jovem de 20, pelos delitos de roubo, receptação e lesão corporal. O homem de 45 anos possuía antecedentes criminais por tráfico de drogas.

O trio responderá pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Todos permanecem presos à disposição do Poder Judiciário.

Outra prisão

Em outra situação, o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prendeu na manhã desta quarta-feira (29/11), uma pessoa, de 49 anos, suspeita de tráfico de drogas. O homem foi flagrado em sua residência, situada no bairro Parolin, em Curitiba, com 12 quilos de maconha e 140 comprimidos de ecstasy, além de papel filme – material utilizado para a embalagem das drogas.

Ao todo, cinco mandados de busca e apreensão domiciliar, expedidos pela Vara Criminal de Matinhos, foram cumpridos. Ação policial é a continuidade de uma operação deflagrada na terça-feira (28/11), no Litoral do Estado, que visa cumprir mandados de busca e apreensão nas residências de pessoas envolvidas em crimes contra o patrimônio, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Durante as diligências na casa do investigado, a equipe policial localizou os entorpecentes. Na delegacia, o suspeito alegou que a droga não era sua, mas sim de uma outra pessoa que não estava no local no momento das buscas.

“Há indícios de que algumas pessoas residentes em Curitiba, abastecem o tráfico de drogas no Litoral do Estado. As investigações devem prosseguir para identificar as demais envolvidos neste crime, bem como em outros delitos”, concluí o delegado-titular do Cope, Rodrigo Brown.

O homem foi autuado pelo crime de tráfico de drogas e permanece preso à disposição da Justiça.