Um homem de 50 anos foi espancado por volta das 21h30 desta segunda-feira (08) por moradores do Jardim Europa, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana. Ele é suspeito de ter cometido abuso sexual contra várias adolescentes, uma delas, com 14 anos, trabalhava na panificadora do acusado. Ela contou para o irmão que abuso teria corrido dentro do estabelecimento, ainda na segunda-feira, o que gerou revolta na população.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segundo relatos, o homem costumava contratar as jovens para trabalhar na panificadora, depois as dopava e cometia os abusos. Foi essa a versão contada pela jovem ao irmão. Ela teria fugido para casa após retomar a consciência. Segundo informou a Polícia Militar (PM), a jovem foi atendida em uma unidade de saúde durante o atendimento da ocorrência, registrada na Travessa Nove do bairro.

Viu essa? Homem é agredido violentamente no Centro e vai parar no hospital!

O carro do suspeito foi incendiado e a panificadora destruída no momento de revolta da população. O suspeito foi bastante agredido e se protegeu em cima do telhado de sua residência até a chegada da PM. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Fazenda Rio Grande. Outras adolescentes também teriam relatado os abusos para os moradores.

Enfurecida, a população incendiou o carro do suspeito e destruiu sua panificadora. Para não ser morto, após apanhar bastante, ele subiu no telhado da residência até a chegada da Polícia Militar. Ele foi detido e encaminhado para a Delegacia de Fazenda Rio Grande. Outras adolescentes também teriam relatado os abusos para os moradores.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

DPVAT 2019 vence em janeiro e não vem pelo Correio! Gere a sua guia!