Marcada por mortes violentas, a madrugada deste sábado (03) contabilizou pelo menos quatro homicídios em Curitiba e na Região Metropolitana (RMC). Segundo a Polícia Militar (PM), os corpos das vítimas – todas do sexo masculino – foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) entre a meia-noite e 4h da manhã.

A primeira ocorrência aconteceu em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), por volta das 23h, onde o corpo de um homem de 30 anos foi encontrado na Rua José Real Prado com diversas lesões provocadas por arma branca. Segundo a PM, os ferimentos provavelmente foram ocasionados por golpes de facão. Junto ao corpo, um adolescente foi encontrado – bastante ferido – porém vivo. O rapaz, que não foi identificado, foi encaminhado ao Hospital Cajuru para atendimento e o corpo – sem identificação – foi recolhido ao IML.

Outra morte violenta aconteceu no bairro Cajuru, em Curitiba, por volta das 2h. A vítima, um homem de 36 anos, foi encontrada morta com cerca de cinco disparos de arma de fogo no corpo. Sem identificação, o corpo foi encaminhado ao IML e, segundo o instituto, vestia camiseta branca, bermuda, calça jeans azul e tênis cinza.

A terceira ocorrência aconteceu em São José dos Pinhais – também na RMC – onde um homem de 34 anos, identificado como Descio Ferreira, morreu, vítima de golpes de arma branca. Segundo a PM, o homem foi esfaqueado na Rua Francisco Dirceu Chiruato, bairro Quississana e chegou a ser atendido por uma ambulância do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), mas morreu antes de chegar ao hospital.

O último óbito registrado nesta madrugada aconteceu por volta das 3h, na Rua Belo Horizonte, altura do número 57, em Campo Largo. Segundo a PM, um rapaz de 18 anos foi morto, vítima de atiradores que passavam pela rua num veículo de cor vermelha, sendo executado em plena via pública.

Nem autoria nem motivação de nenhuma das ocorrências foram identificadas e todas seguem sendo investigadas pela Polícia Civil.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Conversas de Whatsapp apontam que filha de suspeito fez contato com família de jogador