Uma mulher, identificada como Marilucia de Fátima Ferreira de Jesus, foi presa em Matinhos, Litoral do Paraná, suspeita de lucrar ao menos R$ 500 mil com o golpe do falso aluguel. Segundo as investigações, ela alugava casas de verão que não existiam. A prisão foi efetivava pela Polícia Civil nesta terça-feira (12).

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

A mulher, de 47 anos, é da região de Paranaguá, no litoral, mas após a realização da operação, quando foram descobertos outros dois golpistas, ela tentou escapar para Santa Catarina, onde acabou presa.

+Leia mais! Curitibano fatura R$ 50 mil em sorteio do Nota Paraná

“A suspeita entrava em contato com proprietários dizendo querer sublocar imóveis. Ela falava que iria alugar por toda a temporada, e então sublocar para outras pessoas por períodos menores. Assim, ela tinha acesso às chaves, fazia imagens, visitas e então alugava para diferentes pessoas”, explicou o delegado Guilherme Dias, de Matinhos.

Cabeleireiro que saiu do ‘barraco’ é o mais disputado em um salão badalado do Batel