Um soldado da Polícia Militar (PM), que tem 33 anos e pertence a Ajudância Geral, foi baleado no pátio de um posto de combustível que fica às margens da BR-277, em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O crime aconteceu por volta das 21h desta terça-feira (5) e o policial afirma que pelo menos oito homens tentaram o assaltar.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Conforme o relato que consta no boletim de ocorrência da PM, o soldado contou que voltava de viagem e teria parado no posto para abastecer. Ele disse que um grupo de, aproximadamente, oito indivíduos, tentou roubá-lo e efetuaram os disparos contra ele. O PM foi atingido na perna e o grupo não teria levado nada.

+Leia mais! Auxílio-reclusão é a maneira dos dependentes de presidiários sobreviverem!

Além dos tiros que acertaram o policial, o carro dele, um Voyage, também foi atingido. Ferido, o soldado da PM foi socorrido pelo Siate e encaminhado ao Hospital do Rocio, em Campo Largo. Segundo os bombeiros, ele estava consciente, mas corria risco de morte.

policial-baleado

Depois dos disparos, o grupo fugiu e, embora tenha havido patrulhamento para tentar encontrar algum dos suspeitos, ninguém foi preso. Equipes da Polícia Militar estiveram no local logo após a situação e começaram a, já de inicio, apurar o que aconteceu.

Ainda não se sabe se foi mesmo um assalto, até porque o policial ferido teria contado que houve uma discussão. No momento dos disparos o soldado não estava sozinho, no carro estava a namorada dele, mas ela teria dito que não ouviu o que foi dito nessa suposta discussão.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Acidente com Buggy termina com a morte de homem no Boqueirão