A Polícia Civil de São José dos Pinhais finalizou na tarde desta quinta-feira (2) a primeira fase de uma operação que investiga quatro homicídios registrados nos Condomínios Serra do Mar I e II, conhecidos como Condomínios da Morte. Entre os crimes investigados está o da jovem que teve seu corpo queimado dentro de pneus na última sexta-feira (24).

De acordo com a delegada Thatiana Laiz Guzella, a Operação Quebra-Cabeça, como foi intitulada, iniciou no final de 2016 e hoje cumpriu seis mandados. “Entramos em vários apartamentos na região do Rio Pequeno, onde encontramos indícios do uso de drogas, mas só conseguimos localizar um dos suspeitos no Jardim Itália”, disse.

LEIA MAIS: Tudo sobre o “Condomínio da Morte”

Segundo ela, o jovem apreendido tem 16 anos e é investigado por ter participação no grupo de maior periculosidade dentro do residencial. “Lá existem vários grupos criminosos ligados ao tráfico, roubos na região, porte de arma e lesão corporal, e acreditamos que o grupo mais perigoso seja composto, em sua maioria, por adolescentes”.

Além desse menor apreendido, outro rapaz foi detido há dez dias suspeito de ter ligações com o mesmo grupo. Agora, a Polícia Civil continua as investigações e deve realizar a segunda fase da operação em breve.

Na ação de hoje, a PC contou com o apoio da Divisão de Narcóticos (Denarc), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e apoio aéreo da Polícia Militar.

Foto: Giuliano Gomes.
Foto: Tribuna do Paraná