Uma quadrilha fortemente armada trouxe pânico aos moradores de Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, na madrugada deste sábado (7). Para ter acesso ao cofre principal da agência do Banco Bradesco, localizada na Rua Padre Ribeiro, no centro da cidade, os ladrões causaram uma grande explosão, que destruiu o imóvel que abrigava a agência e ainda danificou várias casas da vizinhança. A ação aconteceu por volta das 3h30.

Foto: Leonardo Morroni e Andressa Almeida/RPC.
Foto: Leonardo Morroni e Andressa Almeida/RPC.

Segundo relatos de moradores, a sensação de medo na cidade começou pouco antes do roubo, quando um veículo Palio foi queimado em frente ao Batalhão da Polícia Militar de Rio Branco do Sul. Além disto, para evitar que os policiais conseguissem sair da unidade, os bandidos ainda espalharam miguelitos – peças feitas com pregos soldados e usada para furar pneus de viaturas – por ruas próximas.

Ainda segundo testemunhas, vários homens armados chegaram ao banco já atirando e momentos depois, houve a explosão. A polícia não ainda não sabe qual a quantia levada pela quadrilha.

Em cana

Na manhã deste sábado, um homem suspeito de ter envolvimento com este roubo foi preso com um carro roubado, em Santa Felicidade, próximo ao Contorno Norte. Com ele a polícia ainda apreendeu dois fuzis, muita munição, uma marreta e uma sacola com dinheiro picotado, notas possivelmente danificadas durante a explosão no Banco Bradesco. O Centro de Operações Policiais Especiais (COPE) investiga o caso.

Foto: Colaboração/Leitor.
Foto: Colaboração/Leitor.