Um homem acusado de ter jogado ácido em quatro mulheres e um adolescente em Porto Alegre (Rio Grande do Sul), foi preso no bairro Mercês, em Curitiba. A prisão ocorreu na última sexta-feira (4) após um trabalho em conjunto entre a Polícia Civil do Paraná e a Polícia do Rio Grande do Sul.

+Caçadores! Rádio 98FM é líder de audiência por 9 meses seguidos em Curitiba

Wanderlei da Silva Camargo Júnior, de 48 anos, também conhecido como “maníaco do ácido”, residia na capital paranaense e trabalhava em uma agência de turismo.

“Conseguimos localizá-lo e cumprimos a ordem de prisão expedido no Rio Grande do Sul. Dentro da casa, que fica na Região Metropolitana de Curitiba, foram recolhidos computadores, celulares e anotações. Além disto, foi apreendido um liquido que pode ser o usado nas vitimas”, relatou o Delegado Rodrigo Brown, do Centro de Operações Policiais Especiais ( COPE).

Wanderlei já foi transferido para Porto Alegre e irá responder por lesão corporal gravíssimo e tentativa de homicídio.

 

Suspeito de assalto a joalheria de shopping é preso em hotel do Centro