Um jovem de 19 anos morreu ao tentar defender uma jovem de um assalto, bem na frente da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), no Jardim Botânico, no final da madrugada deste domingo (29). Ela tinha acabado de sofrer um acidente de trânsito e, enquanto esperava socorro, teve alguns dos seus objetos levados do carro por marginais.

Até o início da tarde deste domingo, a DFR ainda não tinha a história toda “fechada”, pois aguardava que a jovem que se acidentou tivesse alta do hospital para poder esclarecer exatamente o que houve e ver se conseguia reconhecer os suspeitos. Mas, a princípio, tudo começou com um acidente que ela sofreu, uns 200 metros adiante da delegacia, na Avenida Presidente Affonso Camargo, próximo ao Hospital Cajuru. Não se sabe por quais motivos ela perdeu o controle da direção e caiu num barranco, onde passa a linha férrea.

Enquanto ela esperava socorro, dois rapazes se aproximaram e pegaram objetos de dentro do carro. Outro jovem, que vinha atrás, percebeu a ação dos ladrões e correu atrás deles.

Na frente da delegacia, o jovem alcançou os suspeitos e iniciou-se uma discussão. Já ao lado da DFR, o jovem foi esfaqueado por um dos suspeitos do roubo.

Policiais civis da DFR perceberam a briga, saíram lá fora e conseguiram prender os suspeitos. O jovem esfaqueado, no entanto, já estava muito ferido. Chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

O inquérito sobre o assassinato do rapaz deve ficar com a DFR mesmo, pois, mesmo ele não tendo sido a vítima do assalto, entende-se que a morte dele ocorreu numa situação de roubo.