Os corpos de dois irmãos gêmeos foram encontrados no começo da tarde desta terça-feira (15), em um barracão na Avenida Governador José Richa, na marginal da Linha Verde, bairro Pinheirinho, em Curitiba.

Os jovens Alex da Mota e Alexandre da Mota, 22 anos, foram mortos a tiros dentro do local. Segundo a delegada Aline Manzatto, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), eles foram executados. Os dois eram andarilhos e não tinham passagem pela polícia.

“A princípio foram usados dois tipos de munição, calibre 38 e 380. Um deles estava com marcas no braço, mostrando que tentou se defender, mas levou um tiro na cabeça e no pescoço. O outro irmão ainda estava coberto e levou um tiro no pescoço”, explicou a delegada.

Conforme informações apuradas pela polícia, provavelmente os autores se machucaram de alguma forma ou balearam alguma outra pessoa, já que havia respingos de sangue na cena do crime e outras evidências.

No barracão há uma escada que facilita o acesso de pessoas que dormem no lugar com frequência. Um segurança informou que os jovens foram vistos dormindo ali no sábado e quem acionou a polícia foram outros andarilhos.

Alguns moradores e pedestres da região ficaram bastante curiosos com a movimentação e chegaram a parar no lugar para tentar acompanhar o trabalho das autoridades. Essa é uma investigação mais complexa, de acordo com a delegada. No local não há câmeras e nem testemunhas.