Uma mulher, de 25 anos, foi presa nesta sexta-feira (13) acusada de furtar roupas da casa de uma amiga na região do Sítio Cercado, em Curitiba. Segundo a polícia, cerca de 60 calcinhas e o enxoval do bebê recém-nascido estavam entre os produtos do roubo. Ela foi presa por policiais civis do 10.º Distrito, em cumprimento de um mandado de prisão. O furto teria ocorrido após um desentendimento entre as duas mulheres.

Segundo a polícia, a suspeita teria invadido a casa da vítima acompanhada de dois homens. O grupo teria furtado as roupas, calças, blusas, calcinhas, botijão de gás entre outros objetos. Eles se aproveitaram de informação privilegiada, pois sabiam que a dona da residência estava grávida e tinha ido para a maternidade dar à luz. Com isso, a casa estava vazia.

A vítima só foi dar conta do sumiço das roupas e das calcinhas quando voltou da maternidade. Um boletim de ocorrência foi registrado e os policiais chegaram até a casa da suspeita, no Osternack. Parte das roupas levadas no furto foi encontrada no local. No momento da prisão, inclusive, a suspeita vestia uma calça jeans da vítima.

Ainda de acordo com a polícia, cerca de 40 peças de roupa foram recuperadas, com valor em torno de R$ 1 mil. No entanto, menos de dez calcinhas foram achadas.

A suspeita tem passagem criminal e ficará a disposição da Justiça.

Cartão-transporte poderá ser carregado com crédito nos terminais de Curitiba!